Archives for posts with tag: Unions

The National Federation of Teachers (FENPROF) estimated that 10,000 teachers in September, will be zero-teaching schedule time, but only says that the Ministry of Education can confirm this estimate, defying him to take the numbers publicly.

And this happens  in a policy of less schools and more students by each class.

here we can read (in Portuguese)  an article of a former Union leader Américo Nunes, in which he uncovers the agenda and aims of that ones that telling uphold unions activity’s, try to destroy them.

Há algum tempo foi divulgado um apelo (1) subscrito por 60 pessoas que se apresentam como sindicalistas, cidadãos envolvidos em diferentes organizações e movimentos sociais, e cientistas sociais. De facto, 26 são sociólogos, professores das universidades de Lisboa, Coimbra e Braga, um padre, um advogado, seis elementos de associações apresentadas como movimentos sociais, e 18 dirigentes sindicais, alguns dos quais com quem trabalhei e por quem tenho estima no plano pessoal, mas de quem tenho de discordar quanto à estratégia que subscrevem na proposta de uma «nova agenda sindical», apresentada em contraposição implícita àquela que está a ser seguida pela CGTP-IN.

Professores protestam na Internet, para já não confiam em manifestações – Educação – PUBLICO.PT.

This is a typicality of ‘silly season’. The journalist interview with some teachers & bloggers that nurture (at least Guinote does ) a profound spite on Unions actions. All that smell to unity, organized action and fight are boring and takes to much time to obtain results.