A Igreja não consegue surpreender-me; consegue no entanto indignar-me.

O patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente «ao referir-se ao chumbo do Tribunal Constitucional (TC) diz que ele abre espaço para mais austeridade, mas as pessoas “ conseguem aguentar quando são motivadas”» dizendo que  “Isto requer muita pedagogia e muito esclarecimento.”

Os escravos aguentaram durante séculos. Estavam esclarecidos. Alguns mesmo motivados. Havia uma pedagogia da submissão. O homem branco era naturalmente superior. Sempre tinha sido assim. Sempre haveria de ser. Esta pedagogia da submissão, do sacrifício é aderente da tese de que o necessário é “explicar melhor” de Marcelo Rebelo de Sousa, de Passos Coelho, etc. 

Bebem da mesma fonte 

Advertisements