Consegui ser surpreendido por um senhor do PS, penso que porta-voz de qualquer coisa, quando afirmava na telefonia sem fios o apoio do PS à anunciada intervenção militar patrocinada pela tríade EUA, GB e França.

Dizia o senhor que o PS apoiava a intervenção “cirúrgica e com o menor número de baixas possíveis.” Sim, foram estas as palavras. Adiantando também que “já ninguém tem dúvidas” de que o exército sírio usou armas químicas.

Eu tenho dúvidas. Milhões de pessoas e dois estados do Conselho de Segurança das Nações Unidas têm dúvidas. O Governo sírio nega tê-las usado. O Irão, afirma que o Exército Sírio não as usou. Mas repetidas doses de imagens de pessoas em agonia a passar em contínuo nas televisões, em particular na Al Jazeera sedeada no Qatar e na CNN acompanhadas de um texto onde a hipótese estava transvertida em certeza, lançou as sementes para uma postura complacente com uma ação militar.

Em versão PS, a postura complacente passa a apoio explícito à guerra. Mas uma guerra limpinha, cirúrgica. sem muito incómodo. (limpa para quem?)

Houve uso de armas químicas na Síria. O Governo Sírio por várias vezes denunciou casos de uso por parte dos grupos jihadistas que dominam a oposição militar. Mas se os EUA, ou qualquer outro país suspeita do seu uso pelo exército sírio deve desenvolver esforços para que a Lei internacional que regula estes assuntos seja aplicada.

Ao contrário do far west norte americano onde os assassinatos extrajudiciais são ordenados pelo seu presidente, o Nobel da Paz Obama, a lei deve governar a relação entre estados.

Fiquei surpreendido pela posição do PS de apoio à Guerra; surpreendi-me porque penso que as pessoas aprendem, mudam, melhoram, tornam-se mais humanas, mais sábias. Mas afinal não era uma pessoa que estava a falar na telefonia sem fios. Era uma organização velha com raízes que mergulham na guerra inter-imperialista na sua origem. Afinal Hollande e Fabius andam na frente destas coisas, sem se deixarem ultrapassar por Hague e Cameron ou Kerry e Obama.

Dylan Thomas bem dizia que os carrascos são feitos o mesmo lodo…

Advertisements